comentários maldosos (e o dia em que gisele me chamou de invejosa)

Eu nunca colecionei inimigos.

Não sei o que acontece, mas inimigos profissionais – aqueles encrenqueiros que zanzam por aí em busca de desafetos – tendem a me ignorar por completo e buscar treta em outro quintal.

Na blogosfera é igual  – dificilmente recebo desaforos gratuitos de leitores galos de briga. Até porque, cá pra nós, esse não é exatamente um blog polêmico, vai.  Eu não levanto teorias, não mostro a bunda em rede nacional (é que ninguém quer ver!)  e não tenho a pretensão de ensinar ninguém a ser mãe.

Dito isto, vez ou outra recebo uns comentários que pelamor, eu não mereço.

Já fui chamada de pessoa amargurada, veja você. Já fui acusada de passar a impressão equivocada de que a maternidade seria fácil e engraçada. E, ao contrário, alguém já insinuou que eu demonizava a maternidade de tal maneira,  que fazia com que mulheres sem filhos perdessem a vontade de tê-los.

Acho que comentário maldoso, maldoso MESMO só recebi um, que, em resumo, afirmava que se eu havia me recuperado tão rapidamente do aborto é porque eu não queria o bebê. Ouch, essa doeu.

Mas doeu só na hora. Porque eu logo conclui que não era nada pessoal. E que gente assim acorda determinada a detonar com o dia de qualquer pessoa que lhe cruze a frente. E no meio do caminho dela tinha o Piscar de Olhos. E foi nele mesmo, que ela lançou a cacetada.

***

Então, sim,  sou uma pessoa afortunada e praticamente inimigos-free. Porque, convenhamos, colecionar 7 ou 8 comentários desaforados em meio aos cerca de 3 mil comentários já feitos nos 100 posts deste blog, pra mim, é sorte que não acaba mais.

E eu nem me dou ao trabalho de ter que apagar comentário maledicente. Eu simplesmente não aprovo. Ah, não aprovo MESMO. Que o blog é meu e eu aplico nele as mesmas regras que aplico pra minha casa: e na minha casa ninguém entra com sapato sujo.

***

Mas na semana passada eu fiquei meio passada com um comentário anônimo. E queria aproveitar pra respondê-lo, posso?

Oi, Dona Anônima,

Recebi seu comentário. E não, não aprovei e nem vou aprová-lo. Este blog é gerenciado dentro do sistema ditatorial.

Não aprovei, primeiramente, pelo seu linguajar.  Veja bem,  estou longe de ser pessoa pudica. Mas palavrões aqui, só vindos de mim (ou das colega-tudo).

Segundo, porque acho que quem faltou com respeito aos portadores de TOC foi a senhora. Nunca foi minha intenção desmerecer as dificuldades de quem sofre de Transtornos Obssessivos Compulsivos.

Até porque a sombra do TOC me persegue desde a infância, se a senhora insiste em saber. Quantas vezes me vi tendo que contar até 50 de trás pra frente ou contar quantas frases tinham uma determinada música, só pra salvar meu pai de um possível acidente ou minha mãe de uma doença terminal?

Hoje ele me aborrece bem menos, porque penso nele como uma voz que sussurra medos infundados no ouvido da gente. Mas isso não quer dizer que vez em quando não acorde 3 ou 4 vezes durante a noite, só pra ver se a porta está mesmo trancada. Ou se o gás não está vazando. Ou se meu filho não foi raptado.

Falta de respeito é a senhora se referir aos portadores de TOC como loucos.  Não, dona anônima, portadores de TOC  não são loucos.  Recomendo que a senhora procure um profissional, compre um livro a respeito ou use e abuse do nosso amigo google pra descobrir um pouco mais sobre o TOC e referir-se a ele com mais respeito.

A senhora também me acusa a tirar sarro da loucura alheia. Não, eu não tiro sarro de louco. Eu sou até bem fã da loucura. E acredito que, de celulite e louco, todo mundo tem um pouco.

Um exemplo. Faz tempo que eu corro no Aterro do Flamengo. E ali no Aterro tem uma pedra bem grandona, com uma estátua de uma garça linda, branquinha, empinada, olhando para o horizonte.

Ontem de manhã, correndo no Aterro, me aconteceu a coisa mais maluca e inusitada EVER, Dona Anônima. Tá sentada? A senhora não vai acreditar, mas a estátua de garça SE MEXEU.

Eu tomei um susto tão grande, mas tão grande, que meu coração disparou, eu fiquei meio sem ar, tropecei e só não caí porque sou moça equilibrada (?).

A primeira coisa que eu fiz foi ir falar com o pipoqueiro:

– O senhor também viu?? Mexeu, viu?

– Claro que mexeu – diz o rapaz da pipoca. As garças se mexem mesmo. E voam também, sabia? – e soltou uma risadinha debochada, daquelas  que só os pipoqueiros que já viram de-tu-do-nes-sa-vi-da sabem dar.

Ai, eu fiquei muito transtornada. Se aquela garça não era uma estátua, então todo dia, toda hora, o dia inteiro parava uma garça igualzinha NA MESMA PEDRA e ficava fingindo ser estátua?!

Por toda minha corrida, não consegui pensar em outra coisa que não fosse a garça dissimulada que fingia ser estátua.

Ou seriam várias garças, um bando delas, que se alternavam na difícil tarefa de estatuar??

Talvez fosse tudo um complô garcez! E elas só iam pra cima da tal pedra quando  viam que eu estava me aproximando!!

– Aí, moçada! Lá vem a otária. Qual de nós vai estatuar hoje?

– Hahahaha, eu vou, eu vou! Mas hoje vou me mexer um pouco pra ela ficar griladona!!

– Hehehe, maneiro!

Então, Dona Anônima, veja bem: eu não me sinto em posição de menosprezar ou desconsiderar nenhum dos dois grupos mencionados pela senhora.

Não menosprezo quem tem TOC porque eu mesma tenho meus momentos difíceis.

E nem sacaneio os loucos – porque, como a senhora acabou de perceber, o presente blog é escrito por uma pessoa que tem certeza absoluta que existe CONTRA ELA um bem planejado complô, arquitetado por um grupo de malignas garças do Aterro do Flamengo.

Estamos entendidas?

***

Ainda sobre comentários:  aproveito pra dizer que ando meio atrapalhada, tenho comentado pouco, me perdoem. A gente vai embora no começo de dezembro e eu e maridão temos matado uns três leões por dia. Perdoa, uma hora eu volto.

***

E já que o assunto hoje é comentário, não resisto: tenho que terminar esse post com um comentário que recebi em setembro passado, que se referia a um texto sobre a nossa amiga Gisele:

Isso é inveja sua.

Ora, se eu achei tempo pra responder ao comentário desaforado da Dona Anônima, como raios não vou responder a comentário vindo de nada menos que GISELE em pessoa, gente?

Mas daí …parte de mim tem certeza absoluta que não foi a Gisele em pessoa que comentou meu post e sim alguma desocupada por aí. Nesse caso…Olha só, Gi, se não foi você que fez esse comentárrio, então é favor comentar o seguinte comentário:

“Claro que não fui eu que escrevi isso, ô Nanica. Era o que me faltava! Eu tenho que cuidar da cria, do marido, salvar as baleias e ainda perder meu tempo vindo num blog escrito por uma louca com mania de perseguição???”

Mas, enquanto você não me manda de volta à minha insignificância, eis minha resposta ao seu comentário.

Oi, Gisele,

Mas é claro que se trata da mais pura e desavergonhada inveja.

Mas tenta entender. Me é humanamente impossível, no auge dos meus (discutíveis) 1 metro e 67 centímetros, nutrir quaisquer sentimentos nobres para com pessoa tão alta, magra, linda e cujo filho desfralda aos 6 meses de idade.

Preciso de tempo, muita meditação e elevação espiritual para que, de minha parte, floresçam sentimentos alvos e bondosos.

Beijos e sorte na sua jornada.

PS: Você sabia, Gisele,  que suas primas (as garças), estão armando um complô contra mim?? Depois sou eu a invejosa, neah?

Anúncios

73 Respostas para “comentários maldosos (e o dia em que gisele me chamou de invejosa)

  1. O seu blog é o máximo e os seus posts se superam a cada dia. Tbem sou da opinião de que cada blog tem sua dona que faz dele o que quiser. O blog é meu, eu publico e modero os comentários que eu quiser, certo? Mandou bem, Rô, como sempre!
    Bjos,
    Camila
    http://mamaetaocupada.blogspot.com/

  2. hahyahahahahaha
    é doida mermoooo! Adoro!

    eu nunca fui mto atacada por anonimos doidos nao (o que tb considero muita sorte), mas recentemente resolvi apagar também os comentários que nao me agradam. E ponto final. Pq né, meu blog nao é um jornal comprometido com a verdade e a transparencia e eu nao sou obrigada a aturar a problemática alheia na minha casinha.

    Sendo assim, querida, concordo com vc e acho que vc faz é muito bem de botar regra na bagunca siiim!

    beijo grande!

  3. Como dizem por aí, essa infeliz que te xingou nos cometários sofre de falta de tanque. Isso mesmo: dá um bom tanque de roupa pra ela lavar (ou uma mega pia de louça suja) que ela vai parar de se meter na vida alheia desse jeito!
    Espero que isso não tenha de aborrecido muito a ponto de dar balão na sua corrida no Aterro do Flamengo… as garças loucas sentiriam sua falta 😉
    bjo e boa matança diária de leões

  4. hahahahahahahahahahahahahahahaha Rô do céu! Você não existe! Preciso conhecer e beliscar pra saber que é de verdade! ai ai ai milhares de “ais” pra você. não entendo porque uma pessoa perde o precioso tempo dela vindo aqui comentar ridiculamente. um horror. adorei seu post, arrasou. e pelo menos a tal da Gisele teve um pouco de audácia e não comentou como anônima… mesmo assim, ridícula.

    (fiquei super feliz com a ideia da doação! já comprei muitas coisinhas pra alice. aparece lá no blog pra ver a barriga)
    beijãooooooooooooooo!

  5. Roberta! Vc se supera a cada post! Morri de rir! Sou sua fã! Beijos! Nine

  6. Roberta
    hoje vc se superou com certeza. Conseguir fazer de um comentário maldoso mais um motivo para rirmos, foi o máximo.
    Bem feito para essa senhora anônima. Se meteu com quem não devia, hehe.
    Bjs e boa sorte nos últimos dias moradora do Brasil.
    Lu

  7. Oi, vou me apresentar. Me chamo Fabíola e tenho uma filhota de 4 meses e meio.
    Achei seu blog pelo da minha grande amiga Flávia e resolvi dar uma olhadinha, confesso que não consegui olhar nem 5% dele, mas este tópico foi bem interessante!Raxei muito aqui com vc e as garças…tb tenho uns devaneios uma vez ou outra kkkk.
    Me irrita imensamente esse negócio das “SÚPERMEGASMÃES”, elas acham que são melhores que as outras mães e querem passar uma imagem “light” e certinha a todo custo.
    Bom, adorei conhecer este blog. Blog que VC manda rs, não perca seu tempo com esse povo besta.

  8. Roberta,
    Simplesmente morri de rir!!!!!!!!!!!
    Mano, como você consegue dar uma chapuletada nessas mui amigas comentadeiras com tanta classe, ou melhor com tanto bom humor…
    Sou fã dos seus escritos!
    E se as garças fizeram você contar um causo tão bom como esse, sejam estátuas ou um grupo delas tentando te enganar, só tenho a dizer: Viva elas, as garças!! rsrs..
    E tbém se Gisele viesse a esse blog, tenho certeza agradeceria as priminhas, pois, sem elas não sairia um post tão demais como esse!!

    bjokas e boa arrumação e preparativos para a mudança,
    Fabi

  9. Oi Roberta,
    Passei coisa bem semelhante lá no blog (humildemente me comparando, posto que meu blog tem míseros 1 mês completos no dia 06 passado). Acabei deixando o comentário lá, mas foi por maldade mesmo. É que a referida abusada que comentou sobre um post em outro que não tinha nada com o tema (nota-se que a bonita sabe utilizar um blog (!) você pergunta abobrinha responde abacate!) é minha prima. Somado a isso é uma mocita recém saída da adolescência, altamente arrogante, sem filhos, que achou de destilar seu fel conta mim, me esculhambando porque eu estou sofendo porque meu pai (irmão da mãe dela, diga-se de passagem) morreu a menos de dois meses e porque eu conto as “Malu”quices da minha filha e da minha vida lá. Incluíndo o meu problema com o TOC.
    Mas eu deixei lá, e lá vai ficar, porque com isso eu gerei comoção familiar e ela foi praticamente apedrejada por quem leu tamanha barbaridade. Além disso virou chacota, porque quem leu notou: é dona de uma péssima fluência de português, terrível usuária da gramática e regras de pontuação. Com isso, e por isso, lavei a alma! Lave a sua: seu blog é show. Muito antes de se mãe blogueira já te acompanho e é um dos meus favoritos, sou fã de carteirinha!
    E quanto à Dona Anônima: filhinha, se vc fosse metade da mulher e mãe que é a Roberta, você não era anônima! Mantenha-se no anonimato mesmo, assim você não passa tanta vergonha!
    Super bjos! Aguardando ansiosa o próximo post!

  10. Adoro seus textos! Vc chuta o balde sem perder a graça, nem a linha… amoooo demais isso!

    Putz.. eu tenho alguns toc’s (de verdade, de enlouquecer meu marido… tipo todos os interruptores tinham que estar posicionados de determinada maneira que eu achava ser o certo… pior qdo eu fazia isso na casa dos outros. Começava a viajar e lá ia eu arrumando os interruptores, quadros.. tudo alinhadinho… kkkkk! Tratei com a psicologa, eles ainda me incomodam, mas eu me controooooooooolo… UFAAAAA!!) e olha que esse era só um dos… Eu doidinha? Imagina, não por isso! Mas ser completamente equilibrada deve ser algo bem chato, né não?

    Então… a garça é estátua ou de verdade? Tipo o pipoqueiro achou tão absurdo vc ver a estátua mexendo que tirou um sarrinho ou era uma GARÇA mesmo??? Como cinísmo é meio padrão por aqui, então, né? Não custa perguntar… hahaha! Se forem garças mesmo, podem ser agentes secretas de cingapura te analisando… hum, hum, será que ela é doida??? Vamos montar o relatório…

    BJOS!!

  11. Sou leitora anonima desse e de varios blogs e raramente deixo comentarios, mas uma coisa eh certa: se nao gosto do que leio, fecho a janela. Olhando pelo lado positivo, pelo menos esses comentarios rendem posts engracadissimos.

  12. sem comentarios para os comentarios maldoso.
    ja para os seus comentarios, otimos como de costume

  13. Parenta preferida do meu coração, eu sou como vc, comentário que não me agrada nunca chegara aos olhos dos leitores queridos, assim mesmo, como escondo as infiltrações aqui de casa, e aquela espinha balsaquiana com corretivo, bem assim a la “it’s my party and I cry If I want..” mas vem cá, se mexerem contigo de novo me fala que tenho capangas virtuais vingadores. E como não te amar parenta? Não tem como, só inveja mesmo rs!
    beijo lindona

  14. Ro, na minha opinião sabe o que os loucos tem de melhor contra os comentários maldosos, o bom humor e nisso, minha amiga, você mata qualquer um de inveja!

  15. Viva o bom humor e o BEM!
    Isso mesmo, Roberta, responde com seu sorriso, que tem tanto brilho e que chega a cegar os olhos de quem lhe critica. O mundo é redondo, quem bate esquece que o retorno está logo aí….
    beijos e mais sucesso pro seu blog!!

  16. Roberta, tô passada! Coitada da anônima! Pobre pessoa, sinto muito por ela. Sorte a dela de achar o piscar de olhos, pena que não sabe aproveitar. Tolinha! Bloqueia mesmo a tal pessoinha. Ri demais com a situação das garças. Pra quem tem a oportunidade de conhecer vc pessoalmente a imagem da situação é triplamente engraçada!

  17. Sei lá, isso só pode ser falta do que fazer mesmo… Gente que não tem vida própria…
    Continue sempre assim. Quem gosta, ótimo. E se não gosta, pra que ler seu blog?
    Bjs.

  18. meu, já chamei seu filho de filha, rio muito dos seus posts, quase morri de susto por causa das garças, coitada, ou mehor, bem feito pra dona anonima. acho q quem quer falar tem que dar o nome e a cara pra bater. anonimos o cacete(desculpe). é anonimo pra xingar, se fosse receber premio tava falando para todo mundo. nao sei o que ela falou, fiquei tri curiosa, mas acho seu blog muito útil. toda vez que quero rir entro pra ver o ultimo post. eu ainda nao acredito que o filho da gisele desfraldou aos 6 meses. deve estar mijando por tudo e ela diz que desfraldou. enfim, tomara que venham mais loucos pra comentar no seu blog pq este post foi um dos melhores, com toc, gisele e maternidade, tudo junto, overdose, cara. mil beijos e boa viagem pra vcs.

  19. Pô, Roberta, você, pessoa inteligente, não se deu conta que a Dona Anônima era uma garça??? Não acredito!
    Beijão!

  20. Preciso falar que:
    1- eu tb tenho inveja da Gisele.
    2- eu já vi uma estátua de santo piscando pra mim.
    3- acho o maior barato esse esquema ditatorial do seu blog.
    4- gente chata é um saco.
    5- boa viagem, boa mudança. Que seja um momento maravilhoso pra família de vcs. Se precisar de alguma coisa é só gritar.
    Renatinha Turu

  21. Eu estou com as meninas! A cada post vc se supera, é um arraso!
    Rô, bom humor é VIRTUDE e n

  22. Estou com as meninas, vc arrasou!
    Rô, bom humor é VIRTUDE. Sinceramente, a Dona Anônima não tinha mais o que fazer da vida.
    Beijos e “bon courage” na finalização das malas!!

  23. Ai Rôooo, a gente não vai se ver??? O que será das garças, meus deuses???

  24. Rô, adoro seus posts! Vc é o meu ´Veríssimo de saias da blogosfera materna! hahahahaha

    beijoca

  25. Sobre os comentários maldosos, só posso parafrasear nosso herói Macunaíma: Ai, que preguiça!

  26. hahahaha
    olha respeito super quem tem toc. até acho que quase todo mundo tem um pouco de toc com alguma coisa. sei lá, ou entao só eu e meu marido. e tambem os loucos…
    mas vc realmente é doida! rsrsrs

    AMEI o post e AMEI as respostas…

    ah, e tbm acho a Gisele o ó… porque ser tao linda e tao magra? nao podia escolher só um dos dois nao?

    bjs

  27. Excelente! Não esquente a cabeça com a anônima…ela não merece, coitada.
    Tive crises de riso aqui com a graça…muito bom!

  28. Tô aqui morrendo de rir. Você não existe.
    E para os comentaristas maldosos desse Brasil, o meu mais sincero ‘vai plantar batata’.

    beijos

  29. Você é linda, tem uma família linda (o Noah ‘e legal! ahaha). Você é legal, tem bom humor. Escreve bem. Sou fã do blog, adoro ler seus posts, já li em voz alta para o meu marido pra ele ver que tem gente que escreve bem em blog de “mãe”. Você nem devia perder tempo com comentários maldosos. Pura inveja!
    Ana

  30. não preciso nem dizer que faço coro contra anônimas comentando palavras de baixo calão né??? Quase explodi meu blog por causa de uma dessas! mas enfim, a vida segue, os blogs tbm, as pessoas ainda nos lêem se divertem e nós mais ainda!
    Gata, se joga na Cingapura que vem por aí e não esquece de atualizar a gente por aqui! Tamo junta! Bjo em vc e no Noah fofo

  31. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Gisele nãoooooo, ninguém merece… rs
    Ela é a “melhor mãe do mundo”, no ponto de vista dela, claro.
    loucas vamos que vamos, porque a gente é que se diverte… rs
    BJooooo
    Naiara
    http://littlelittlediva.blogspot.com/

  32. Excelente, como sempre. Concordo que vc faz do seu blog o que quiser, publica ou não os comentários que quiser. Ninguém é obrigado a ler desaforo no próprio blog! E, para falar a verdade, vc respondeu com tanta catiguria que a dona anônima e suas primas e amigas nem vão ter coragem de passar aqui novamente.
    Sobre o complô garcez (que adorei), me identifiquei total. Só que por aqui sofro do complô alienígena. Só porque morro de medo eles vêm me assombrar, andar com seus pescoços que esticam, dedinhos que brilham e vem querer me enrolar com conversinha mole que são amigos de crianças?? Comigo não, violão!
    beijo!

  33. Roberta!
    Ótimo esse post. Aliás, todos são ótimos e aquele seu post da Gisele foi estupendo!
    Que se lasque essa anônima ridícula. Ela que vá resolver os problemas dela na terapia e não num Blog tão alto astral como o seu!
    Beijos, e boa mudança!

    Pri Colnaghi
    http://doidaeamae.blogspot.com

  34. “Deixa que digam, que pensem, que falem…”
    Adoro essa “loucura” toda”
    Beijos.

  35. Roberta,
    Acompanho seu blog ha tempos, mas nunca comento.
    Hoje não dá pra passar.
    VOCÊ É MASSA!

    Boa sorte sempre!
    Beijo!

  36. Detesto comentários desaforados de anônimos. Prefiro saber quem é o desafeto e dialogar de igual para igual. Mas pessoas assim são problemáticas, não há muito o que fazer.
    Pô, se vc não gosta de um blog, não o leia. Ninguém é obrigado a me ler. E, se caiu por acaso num blog, leu e não gostou, não precisa voltar. Simples assim.
    Beijos

  37. Eu acho mesmo é que essas garças estão de combinação com os patos de um Parquinho que frequentamos.

    Eu tb jurava que aquelas estátuas-pato eram, simplesmente, estátuas-pato e um dia tive a maravilhosa ideia de me aproximar.

    “Não faz isso que pato avança!”- diz o marido

    Pato? Mas que pato?

  38. hahahahahahaha
    você é muito ótema!
    vou imprimir o blog todo e levar nas férias, pra ler debaixo de um coqueiro!!
    (tá bom, acho que as praias do sul nem tem coqueiros. então eu leio na rede de casa mesmo)

    beijo

  39. vc acredita que eu recebi meu primeiro comentario ANONIMO desaforado outro dia desses?

    Pq as agressoras nao mostram a cara, ne? Se fazem de anonimas pq sao covardes de tem medo da retalhacao ou o que?

    Cada um dia tem direito de expressar a propria opiniao. Se nao gosta do que a gente escreve VAI LER OUTRO BLOG ENTAO, UE?

    bjos

  40. kkkkkkkkkkkkkkkkk, adorei seu post. Até pra responder gente chata vc é o máximo! Boa sorte ai com a mudança. Já passei por isso e foi o cão! Sorte sua que seu filhote é pequeno e ainda não tem que fazer a prova no Itamaraty antes de ir para uma escola no exterior! Beijos

  41. Não é um blog porreta?
    Até os comentários maldosos são engraçados. Kkkk
    Filha, boa mudança, ares novos te esperam!
    Assim que tudo se ajeitar dê noticias!
    Ou poste fotos da baguça mesmo.
    A gente adora 🙂
    Beijos!

  42. o post da Gisele..bem eu sou alta,magra e pobre..de que adianta tudo isso se a gente tem uma filha que chega no banheiro e enfia a escova de dentes na privada e depois tenta por milagre enfiar na boca..calro que o filho da Gi iria desinfetar e colocar pra ferver……esse povo é assim..brega, invejoso e pobre de espirito..e que saber baby?? vc ta indo pra Cingapura…manda esse povo pra putaquepariu…..Ah e as garças…??? hhahas eu sou uma tipica pessoa assim….Fui convidada á ser Coordenadora da pos Graduação (lindo pra mim que tenho 28 anos) quer saber? fui na primeira reuniao…entrei na sala errada, dei palpite e assinei a ata..e quer dizer::::: perdi a Minha Primeira Reuniao…ponto pra nós..as mãe loucas e felizessss

  43. Como tem gente besta nesse mundo, né? (to falando das comentaristas, e não das garças, porque estas são ótimas, vamos combinar !!! hahaha). Tem gente que tem raiva do mundo, e mais ainda das pessoas bem humoradas. Elas querem morrer de inveja. Sabe que eu acho que tenho sorte, porque nunca recebi comentários ofensivos, nem anônimos. Só de gente discordando das minhas opiniões, mas isso faz parte e aceito numa boa.
    Às formigas, essas invejosas.
    E MAIS INVEJOSAS AINDA ELAS FICARIAM SE SOUBESSEM QUE EU TE CONHECI PESSOALMENTE E QUE VOCE E´ LINDA DE MORRER, MAGRA, TEM UM HUMOR INCRIVEL, UM MARIDO BONITAO E UM FILHO MAIS LINDO AINDA HAHAHAHAHAHA
    Beijos mil da sua amiga de infância

  44. ai, ai… eh cada uma que me aparece…

    Vixe Roberta, no meio de mudanca vc parar pra responder comentario besta de gente que nao tem nada mais interessante pra fazer da vida… soh vc!!!

    Eu ate hoje nao entendi qual eh dessa gente que fica desaforando as outras no blogomundo, serio.. tipo, nao tem nada util pra falar fica quieta agora, gastar tempo com desaforo eh demais pra minha cabecinha!!!

    beijos sem desaforo,
    Keiko

  45. Mais um post perfeeeeeeeeeeeeitooooooo!
    Rô, liga pra qualquer editora aí…vc tá perdendo tempo e dinheiro. Escreve um livro logo molher!
    Quanto às opiniões! Falem mal, amiga, mas fale de mim! Ueba, como diria o Rick Martin!
    Beijo!
    Dani
    PS: quanto a maracutaia do sling…tô dentro amiga!

  46. Puts, eu ainda tive a sorte (ou sei lá q nome posso dar) de não ter comentários anônimos e pessoas falando merda pra mim, mas depois de ter visitado vários blogs de pessoas super fofas como vc e a Sol, e perceber q isso acontece mesmo assim, sinceramente estou preparando minha alma desde já… Ainda não sei oq fazer, mas pelo menos já coloquei na minha cabeça q eu sou uma pessoa legal e q a pessoa é q é a problemática! rs…

    Não vou dizer q concordo com td q as pessoas dizem, mas pelo menos qdo eu faço comentários eu mostro a cara…

    Bjusss

  47. Estou ridno horrores, novamente, sempre que entro aqui…. kkkkk
    Muito legal seu blog e penso que a gi deveria nos contar, um PAP, tirando fotos, bem explicadinho, como desfraldar uma criança em 6 meses. hehehehee…
    Beijos e sorte do outro lado do mundo!

  48. Bom… eu preciso dizer que te amo! só isso: Meu carinho é práááá voooocêêêê!!! Quer TOC? então lá vai: como vc sabe, moro numa ilha e só ontem, com 1 ano e 11 meses Alice foi à praia! tá bom prá vc? Quer loucura? ok: Certa vez fui à um templo budista na Serra da Mantiqueira e fiquei o tempo todo disfarçando pra por reparo num monge meditando, imóvel, fiz mil artifícios para ele não notar a minha curiosidade na meditação estática dele e assim foi o tempo todo em que lá estive… me esgueirando, passando por ele ‘desinteressadamente’, assoviando, colocando o cabelo na frente do rosto pra ele não ver que eu tava olhando pra ele, colocando a mão na frente do rosto pra disfarçar e de olho no carequinha vestido de bata laranja, hooooras nessa tarefa… só final, depois de espreitá-lo de tudo que jeito entre as paredes do templo pra ver a meditação do ‘homezinho’, a doida descobriu que era uma estátua de cera, dããã… pôxa! tava achando tão lindo o cara lá paradão, meditando… Então não esquenta a cabeça fia, nem com os comentários absurdos, nem com as Garças do Flamengo… vá de ‘palavra cantada’ e repita em mantra: “Ser assim é uma delícia, desse jeito como eu sou, de outro jeito dá preguição, sou assim pronto e acabou”. E desse jeito que vc é, justiho assim, garanto-lhe amizades reais e virtuais, todas fiéis e amorosas aqui, ou em Shangrilá. Vou sentir saudades suas! bjs na família.

  49. Roberta, então ai vai meu comentário identificado.

    Obrigada por tornar o meu dia mais leve! Hj tá paulera! Tô quase desistindo do meu trabalho em prol da família e da organização doméstica.

    Não li seu comentário sobre TOC mas não há nada de mais em fazermos graça da nossa própria desgraça. Rir para não pirar ainda mais por levar tudo tão a sério. Eu sou portadora de TOC, me declaro assim embora não tenha diagnóstico formal.

    Vc deveria antes de ir embora, marcar um encontro virtual, uma sala de bate papo para sua breve despedida. Desde ler o magnífico texto sobre a Gisele (merecedor de prêmio, falando sério) q quero te conhecer. Q mulher genial q teve o dom de traduzir em linguagem coloquial o meu sentimento de mãe revoltada?

    E cá entre nós, amiga virtual, não é INVEJA não! É duro mesmo de engolir pq é a exceção à regra.

    Ser MÃE é difícil pra caramba! Soma-se ao fato de ter q ser esposa, fazer cabelo, menstruar, trabalhar fora, depilar, administrar a casa, pagar contas, cuidar dos pais. UFa, cansei!!! Graças a Deus existe o facebook (q ainda é 0800) e o seu blog. OBRIGADA!!!
    Beijos e tudo de bom,
    Da amiga anônima, Sueli Faria

  50. Nem sei quantas vezes eu entrei aqui pra ler esse post, e sempre acabo com um sorriso no rosto, uma boa forma de começar o dia.

    eu reconheço que tenho mais inveja desse teu senso de humor e da maneira deliciosamente divertida que você escreve, do que dos atributos dessa tal Bundchen.

    beijo queridona,

  51. Rô, saudades de vc e do seu blog… sempre me divirto vindo aqui, concordo com vc com as anônimas desaforadas e acho que ninguém pode mesmo entrar na sua casa de sapato sujo, também barro se preciso for, e a Gisele, assino embaixo, desculpa, mas se alguém não tiver inveja daquele corrrrrrrrrrrrrrrrpo escultural, aquele carão e ainda por cima rica com filho e marido lindos e o filho desfralda aos 6 meses… sacanagem, tudo pra uma pessoa só? ela tem pé feio né? fato…rs bjs! e boa sorte na lida antes da mudança… sei que com criança tudo fica mais perrengue…rs bjs!

  52. Chupa, anônima! Falando em loucura, resta saber quem é a MALUCA que provoca Robertão e acha que vai se safar sem receber uma chapuletada bem dada de volta…
    Olha, eu tô hor-ro-ri-za-da que vc viaja tão logo. Meu Natal no Rio acaba de perder metade da graça. E o que vai ser de Alice sem dar uns pegas na bochecha do Noah, me diz?
    Oh boy. A vida nem sempre é justa.

  53. Roberta, só rindo muito de tudo isso! Me lembrei de um texto muito bom do Veríssimo (Luis Fernando), por quem nutro tremenda admiração. Depois de passar por coisa parecida ele cogitou escrever antes do texto, em negrito, o seguinte: “ATENÇÃO, ironia”, para ver se não era mal interpretado…
    Espero que não tenha sido mesmo a Gisele porque seria uma decepção. Não que eu espere muito, além de toda a beleza, mas não entender o seu texto, que é irreparavelmente muito bem escrito, é demais.
    Bem, desejo a você, ao Noah e ao maridão uma ótima viagem, muita saúde e sucesso! Ana

  54. Olá Roberta..parabéns pelo blog.. . é maravilhoso…

    Te mandei um email…espero que não vá pra caixa de spam…

  55. eu não entendo por que razão alguém entra num blog, lê um texto inteirinho, se dá ao trabalho de acessar a caixa de comentários só para agredir (ou tentar) o autor do tal texto… só pode ser despeito ou algum trauma, ou então é falta de tanque como disse uma amiga aí acima, ou é INVEJA mesmo, afinal 99% de quem lê e comenta aqui é porque gosta e é para elogiar ou trocar ideias, então normal que uma destrambelhada qualquer fique se mordendo de inveja, né? abração e adoro teus textos, sempre dou muita risada com eles 😉

    P.S.: garças são seres muito conspiradores mesmo, tome cuidado com elas heheheh

  56. Como vamos fazer sem seus posts?! Espero que vc encontre rapidamente a sua rotina em terras asiáticas para não nos deixar abandonadas por muito tempo!
    Bisous
    Te mandei um e-mail sobre programas indoor c/ crianças em Paris!

  57. eu sei que vou chover no molhado, e vai parecer puxação se saco ou retribuição de comentário, mas sinceramente, este seu post foi um dos melhores que li até agora (na minha curta vida de blogueira)! Ri muito! Excelente texto! (quanto aos desafetos, eu gosto de deixá-los bem expostos, e com exceção de palavrões e xingamentos, não apago nada… mas concordo que essa decisão cabe a cada blogueiro/a).

    Beijo

  58. Ai, que saudades eu tava de vc!!! Ou melhor, dos seus posts!!! rsrs
    Ameeeeiiii!
    Td de bom pra vcs!

  59. Só sigo uma coisa: tu não pode demorar muito tempo pra postar não, criatura do céu! Meu Blog Preferido EVER! É muita imaginação, és safa por natureza, palavras flutuammmmm, simplesmente, quando vc escreve!

    Continue, vá! Continue.

    Eu e uma multidão agradece!

    Beijãooo

    Bruna

    http://www.maetamorfose.com

  60. Olá!
    Tudo no meu blog é moderado.

    Tenho trauma de comentário. Eu viajo muito e, antigamente, quando viajava e chegava em casa, em vez de abrir as centenas de fotos, tinha que engolir minha raiva com tantas maldades…
    Pronto…abandonaram meu blog, mas, se eu abro, a mesma pessoa volta<.

    Para eu nao perder meu senso , modero.:E fale quem quiser…
    Vc e eu, e tantos outros, faemos de nosso blog oq ue quisermos¨
    dias felizes

  61. oi, qdo der vai lá no blog e pegue um selinho, ok? pensei em ti e nas garças da kgb ou da cia, sei lá. bjs

  62. Obrigada pela visita lá no blog. Espero que goste de Cingapura. Caso não goste, venha passar uns dias em Jacarta que vc muda de idéia rapidinho, heheheh! Boa viagem e preparem-se para encarar o fuso. Abraços!

  63. Mulher, um dia vc me mata de rir!!
    Concordo com vc em nem aceitar comentários desaforados. Imagina, é como a pessoa ir na sua casa só para lhe estapear!um absurdo!!
    Então, fora ler seus post que amo, vim dizer que tem selo pra vc lá no http://www.devaneioslunares.blogspot.com
    Mas falando em loucura(ou não) eu lembrei que quando eu era criança queria aprender a falar inglês só pra rezar. Sabe porque? eu acreditava que Deus iria me escutar melhor, pois no meio de todo mundo rezando em português eu iria me destacar rezando em inglês e Ele realizaria meus pedidos logo!
    Será que isso é normal???
    bjos!!
    P.S.: Não se preocupe com as garças, há um tempo uma quis me pregar uma peça,fingido-se de estátua no canteiro da principal avenida da minha cidade. Mas eu fui mais esperta e perguntei para o meu pai a veracidade do fato.rsrrsrs

  64. Ai, ai… Blog tem disso, né? Quantas vezes não me pergunto se não estou me expondo demais. Mas de uma coisa eu tenho certeza, aqui se faz e aqui se paga. Respira fundo e segue adiante. Seu blog é ótimo e invejosos vão sempre existir.

  65. Amo vir aqui e rio demais toda vez, desocupada essa Dona Anônima, a blogosfera tem disso, infelizmente… e à partir de agora vou me cuidar com as garças… kkkkkkkkk. Beijos menina!

  66. Já tinha lido este post na outra semana, achei que ia poder comentar pessoalmente mas acabou não dando certo!! Você foi ótima. Estas anonimas são muito irritantes, mas pelo menos rendem posts como este, divertidissimos!

    beijo Pati

  67. Olá!

    Trabalhamos com Registro de Domínios. Você poderá registrar o domínio com o nome que desejar e redirecionar para seu site ou blog.

    Vantagens: Redireciona seu site ou blog, redireciona e-mail, passa mais credibilidade para o visitante, reduz o endereço do seu site/blog, profissional, poderá ter e-mail com seu domínio, ex.: contato@seusite.com, mais fácil de memorizar e ser achado nos motores de buscas, como o Google.

    Domínios: http://www.seusite.com.br, .com, .br, .blog.br, .org, .net, .tv. .biz, .info, .edu.br, .adv.br, .net.br,.inf.br

    Tudo isso a preços módicos e pagamento anual.

    Caso haja interesse, entre em contato!

    Atenciosamente,
    Cristiano
    contato@webreside.net

  68. Roberta!
    Você deve receber trocentos recados como o meu sempre que posta algo novo, mas não poderia deixar de vir aqui, mesmo correndo o risco de ser repetitiva: sou fanzoca dos seus textos!
    Conheci seu blog por indicação da minha irmã, que também tem a dura… ops… deliciosa missão de ser mãe e me permitiu ser tia enquanto estou com tudo em cima, sem detonar minha autoestima ao ser chamada de titia por coisinhas de quase um metro de altura… rs
    E como nesse mundo de blogs acabei aprendendo que é impossível não criar empatia e até (misteriosamente) afeto por quem se expõe de maneira tão bacana como você, tomei a liberdade de compartilhar boas vibes contigo pra essa mudança (que me viraria a vida de de cabeça pra baixo) e pedir pro Papai do Céu que não te deixe perder essa mão tão boa pra escrever.
    Tudo do bom procê!

  69. Rooooooooooooooo!!!!
    perdi as atualizações do seu blog!
    affff….
    estava até achando que vc mudou e achou cingapura interessante demais da conta!
    mas já li tudo e agora que a cãimbra abdominal passou já posso comentar…
    a graça não era uma estátua??????
    me fez lembrar amsterdam… pedi licença pra váaarias estátuas no madame taussaud….
    hein???
    e de resto?
    contaaaaaaaaaaaaaa
    bjocas

  70. Oie!
    Acabei de chegar aqui pelo Viajando com Pimpolhos e estou adorando!
    Não sou boa em ler os blogs todos os dias, mas tento uma vez por semana dar uma geral na blogsfera… 😉 Vou passando por aqui, tá?!
    Feliz Natal!
    Lilian
    http://rodrigoelilian.blogspot.com

  71. É isso aí, Roberta! Nada de dar espaço pra gente chata e invejosa! Quem não gosta do blog, é só não vir aqui ler, ué!!!

  72. Flavia Rocha Azevedo

    Oi!! Estou me divertindo lendo seu blog. Parece você falando, como se vc estivesse aqui em casa. Fico imaginando se eu tivesse lido e não te conhecesse. Seria engraçado!!! Beijossss e inté um dia desses. Nossa prainha hj foi soci!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s