ei, cria! vamos pra balada?

E quando eu já achava que tudo estava perdido eis que chega às minhas mãos: 

Alô Rio de Janeiro!

Foi assim ó: a Ana (mãe da Elena) e a Tamara (mãe do Henryque) estavam cansadas dessa estória de exclusão materno-social (ã?). Aquela coisa de não poder levar a cria  pro bar, pro restaurante e tal, já que a maioria dos lugares ignora a existência desse tipo de ser chamado bebê. Bebê? O que é isso?, pensam eles.

Daí elas resolveram arregaçar as mangas, dobrar as fraldas e criar o Sambebê, que promove shows de samba e música brasileira de primeiríssima, para mamães e papais que adorariam fazer um programa que não envolva necessariamente a trilha sonora do Cocoricó.

Gente, será este um sinal da volta da identidade enquanto pessoa física???

Eu troquei emails com a Ana e ela me explicou que o volume do som será mais baixo do que aquele ouvido em shows “normais”, não se pode fumar, tem trocador e – prestenção – o ambiente tem tapetinhos e brinquedos espalhados. Sim, como num conto de fadas, cara amiga mãe.

Eu vou. Bora gente carioca?

Iniciativas como essa ou como o Cinematerna me deixam muito, mas muito feliz. 

Quer ver outro exemplo? Eu e maridón tínhamos parado de levar Noah nos restaurantes porque ele ou 1. corre e grita “cocô no bum-bum, cocô no bum-bum” (detonando com o apetite da pessoa ao lado) ou 2. fica no meio do caminho dos garçons, provocando acidentes memoráveis e sorrisinhos amarelos de nossa parte.

Até que eu descobri um restaurante chamado Joaquina, que, aos domingos coloca uma cama elástica e dois balanços pra criançada se acabar. Pense em uma pessoa feliz. Era eu quando descobri que poderia comer (por sinal, comida brasileira de primeira) e tomar chopp com o maridão sem o chatíssimo revesamento-toma-que-o-filho-é-teu-enquanto-eu-como. 

Eu acho que passou da hora do empresariado em geral entender que existe toda uma galera pertencente ao mundo bebesístico, que deixa de sair (e portanto de gastar dinheiro, viu seu empresário?) pela falta de opção child friendly.

Lembro da minha invejinha branca quando a Flávia, mãe do Astronauta, falou aqui do Sónar Kids. Sónar é um festival de música que já existe há algum tempo em Barcelona (eu fui! eu fui!) e recentemente foi adaptado à uma versão infantil.

E vocês? Onde vocês vivem existem bares, restaurantes, shows e afins adaptados pra criançada?
(Sempre que eu termino um post com uma pergunta lembro do “Você Decide”. Ai, dona rede globo, me deixa, viu?)

Deixo vocês com beijo grande de Dia das Mães e uma pequena amostra do que Noah (aqui com 13 meses) aprontará no SamBebê. Olha a Unidos da Mamadeira aí, gente!

Anúncios

33 Respostas para “ei, cria! vamos pra balada?

  1. Oh coisinha tão bonitinha do pai!!! AMO samba, ainda mais se tiver uma boa feijoada no meio. Ai que inveja de vc!!! Vou pro RJ agora!!!! Pena que aqui em Brasília não rola esse tipo de programação 😦 alô empresários de Brasília, cadê vcs???
    E por falar em samba, vc conhece a versão dessa música tocada pelo meu amigo Hamilton de Holanda e Titia Beth Carvalho??? Joga no youtube porque é de arrepiar. Bjssssssss

  2. Ai que pena que é no Rio!!! Se fosse em SP eu iria com certeza!!
    Tomara que seja um sucesso!

    Feliz dia das mães e um beijo,
    Paula

  3. Esqueci de dizer que seu filho é demais! E que samba é esse menina???
    beijão

  4. arfe, que se fosse 10 dias dps eu já estaria aí no Rio de novo… mas enfim, né, eu nem tenho baby ainda, mas queria aproveitar pra conhecer vocês!!

    beijão procês, tomara que role mais vídeo do Noah sambando (é leeeando!)

    beijoca

  5. Roberta, fiquei até emocionada! Obrigada pela força na divulgação! E meninas de outros estados: quem sabe um dia a gente cresce e não se espalha por ai? 😉 Não custa sonhar!
    Ah, e propósito do teu post anterior, não é que hoje eu perdi mesmo minha identidade (aquela física, o documento)! Duvido eu perder uma chupeta…

  6. ah esqueci de responder a sua pergunta: aqui em Buenos existe sim bastante coisa adaptada pros pequenos. Eu não frequento pq não há necessidade ainda, mas soube essa semana que tem um restaurante (prometo descolar o nome, é que não me lembro agora) que serve comida pras crianças (previamente escolhida pela mãe, claro) em outro espaço, que tem recreadoras e tal. Você esqueceu seru baby lá e come tranquilamente (e ele tb!). Achei ótima idéia.

    beju

  7. Que inveja do cê! Por aqui nào tem nada disso não! Ainda estamos na política do “revesamento-toma-que-o-filho-é-teu-enquanto-eu-como” (adorei, adorei!!!). Ah…mas tem uma pizzaria que fez um cantinho das criança…só que é no segundo andar, depois de uma escada gigantesca! Inteligente esse povo né! Os brinquedos de lá tão novinhos que só…
    Feliz Dia das Mães pra você Rô! Tudo de muito bom, viu! Bastante comida boa, chopp geladinho, carinho de filho e muito amor de todos os lados!
    beijo!
    Dani

  8. Eu adorei a dica!! Lugar child friendly, perto de casa e com samba ainda por cima, tudo de bom! Estaremos la tb!!
    Ah! E eu A-DO-RO esse video! Samba no pé total!! Bjs!

  9. Ai que delícia de post e que graça de criança. parabéns! adorei quando fala de uma programação pra gente com os filhos. Acredito nisso. Aqui em São Paulo, fico fuxando desesperadamente opções legais para fazer com a Nina – acho que falta muito mesmo! Adorei a dica do restaurante. Indo ao Rio vou conferir!
    Ai, tanta coisa, Sónar, hum,…. que delícia! Postei recentement (http://blog.orangotangoloja.com.br/?p=418#comments) a programação Kids deste ano.
    Dá uma olhada!
    Valeu! adoro sempre!

  10. Oi Rô,

    Tem um selinho para você lá no http://b-de-bel.blogspot.com/

    Beijos e um super Dia das Mães!
    Paula

  11. Adorei a ideia!! Aqui em BSB raramente tem programa legal para adulto, quanto mais um que inclua criança. Acho que vou passar uns dias no Rio…
    Isso me fez lembrar que um dia recebi um e-mail de um amigo que terminava com a frase “bebes são bem-vindos” e eu li bebês. Quando já estava respondendo o e-mail foi que me toquei que bebes eram bebidas e que a festa para qual tínhamos sido convidados não tinha nada a ver com crianças e bebês. Resultado: não fomos, porque era tarde, casa de gente soletira-livre-leve-e-solta. Bateu uma minideprê.
    Eu pre-ci-so de um esquema assim. Alguma sócia em BSB para bancar isso comigo?
    Beijos

  12. Cara, que inveja!!!
    Aqui em Rondônia ainda não temos esse tipo de “mudernidade”…rsrsrrs
    Seria muito bom, pq tenho perdido o sono pensando que minha vida social pode se resumir à restaurantes, casa de amigos íntimos e festas infantis. Esse fim de semana mesmo tem um show do Nilson Chaves, uma cantor(acho que paraense) mto bom, mas não dá mesmo pra ir!!
    bjinhos!
    Ah, aproveitando para divulgar meu blog: http://www.devaneiosmaternos.blogspot.com

  13. Ai, Rô, que demais! Bora se juntar e inventar um esquema desses, Paloma?? (Ai, pense numa pessoa sem iniciativa… moi).

  14. Ai ai ai… invejinha branca daquelas! Eu quero! Moro no grande ABC/ SP e nunca encontrei naaaaaaaada do tipo. Aliás, se alguém souber de algo pelos arredores, vou amar a dica. O máximo que encontrei foi uma padaria, das boas, com uma área pros guris. Quando não tá cheia, deixam minha pequena entrar…rs. Depois do SAMbebê nos conte a experiência. Ah, e Noah dançando é liiiiiiindo demais!

  15. Nossaaaaaaaaaaaaaaa, adorei! Quero muito um programa desses aqui em SP!

  16. Ai Roberta, vc é ótima mema….bom, eu adorei a iniciativa, porque a gente não pode aproveitar decentemente um programa com filhos sem ser aquele programa que só serve pra ele ou pra vc? tá aí , dá pra mandar essa moça aqui pra sp pra dar um agito na programação cultural baby? Eu não sou a pessoa das mais indicadas porque acabo me enfiando no meio do mato na maioria dos finais de semana com nosso pimpas onde lá podemos ser pessoas livres e com um revezamento bem mais light…rs, mas ser rolar algo por aqui tô ultra mega power dentro! aliás indo pro Rio quero conferir…
    bjs bom dia das mães procê… ficou devendo o momento menino do site pra dia das mães né? rs
    to perando…rs

  17. Não, aqui não existe esse tipo de coisa… hoje mesmo estávamos eu e maridão decidindo se levamos minha sogra pra almoçar fora… o diálogo:
    ele: “vm comer fora?”
    eu: “pode ser”
    ele:”onde seria legal”
    Eu:”hummm no gaucho?? (um trailer ótimo, porém sem opções pros kids…) ou vc quer algo diferente?”
    ele: “MELHOR DIFERENTE.ou prefere em casa ?” – lembrando do filhote que não para quieto de jeito nenhum em lugares públicos…
    Eu:”tanto faz, com mais gente fica mais facil levar o Arthur” – ai,ai…ehehehehe
    E ainda estamos decidindo se arriscamos um almoço out ou não…
    Beijo grande!

  18. Aqui em Sorocaba o máximo que tem é pizzaria com o famoso “espaço kids”.

  19. Gente, mas este bebê tem muita ginga!!! Que coisa mais linda!
    Sou carioca, mas moro na “zona rural”… kkk Em jacarepaguá. Longe da civilização carioca. Aqui tem um restaurante com parquinho e recreadora que é ótimo. O parquinho é todo fechado, mas tem uns janelões de vidro e você vê a criança brincando. Tem esta recreadora que dá um descanso (isso por que o filhote já tem 5. Antes não tinha descanso não). E tem também uns bercinhos, tipo moisés, com travesseirinhos e bem confortáveis. Meu filhote já dormiu algumas vezes lá, enquanto eu comia e conversava sossegada. Agora ele não cabe mais no moisés, claro, mas se acaba de brincar e só vem na mesa na hora da sobremesa.
    Beijos.

  20. Vc cada vez mais arrasando na escrita, hein?! E essa semana foi super produtiva. Adorei.
    Como vc sabe, não pertenço ao clube das mães, mas já andei reparando nisso. Aqui na minha hell city praticamente todos os restaurantes e bares têm um espaço pra criança e geralmente com “cuidadores” ou whatever. Outra coisa que noto é que a maioria tem aqueles cadeirões para os menores, só não sei se eles param quietos…
    Eu tb adoro esse vídeo, o Noah vai abalar o Sambebê!
    Feliz dia das mães para vc, querida.

  21. cara, sabe que em Berlim eu pirei num café que ficava ao ar livre, dentro de um parque, e tinha um tanque de areia enorme e cheio de brinquedos (baldinhos e cia) bem do lado da área das mesas? a gente sentava, pedia aqueles canecõe de meio litro de cerveja e passava a tarde toda na preguicinha comendo salsichão enquanto as crianças chafurdavam na areia por horas a fio, numa ótima. achei genial e lamentei não ter visto nada parecido por aqui – uma idéia tão simples, né? quedê que alguém faz um troço aqui em sampa, quedê?
    beijo!
    (ah, e Cléo é que saiu a minha cara (???), porque eu sou mais velha, vamos respeitar a ordem das coisas!)

  22. nao vejo a hora de encontrar o Noah… maravilhoso! e, claro, que edição bacana de vídeos… vcs q fizeram???
    bj!

  23. Rô, vai rolar sonar kids em breve,
    se tiver afim, tem hospedagem garantida, hein?

    Achei o maximo a ideia dessas mamães!

    beijocas
    e
    Feliz dia das mães queridona!!

  24. ideia super hiper hip hurra, hein?

    Aqui em Montreal tem ate bastante coisa assim, uma ideia que eu acho genial sao os tais dos
    “Cafes” pra mamae e bebe. Uns cafes bem simpaticos com refeicao pra todas as idades, capuccino bom e uma area de brinquedos otima cercadinha ao alcance das mesas, wireless etc e tal. Alem de um espaco lojinha com produtos mega exclusivos, tipo os seus :-). Adoro. Alias, eu acho que essa seria uma ideia que ia dar super certo em SP ou no Rio. Faz ai Roberta!
    Vou sugerir um Sambebe desses por aqui!

    Beijinho,
    Keiko

  25. Caramba! Eu vou com certeza!!!
    :o)
    E o seu filho é um sucesso, tô doida para conhecê-lo!
    Beijos.

  26. Oláaaa!! éee,minha cara..aqui tb sofremos desse mal…se ai é assim..imagina aqui na minha cidade???ate postei sobre isso no blog,alias ,ele NASCEU dessa dificuldade de achar um lugar bom que meu filho pudesse ir junto… as pessoas acham o que? que a gente tira as pilhas deles e guarda na caixa,para brincar com eles quando a gente voltar do chopp,né???
    kkkk..amei a dica , logico que ja ta mais que anotada!;-)

    bjkas e uma otima semana!!!

  27. Maravilha este encontro!!!! Estaremos lá!!! Mais alguma mamãe do Rio passará por lá com sua cria?? Dá um alô pra gente se forem e poderemos trocar figurinhas, ou fraldas….. beijos!

  28. Pingback: sorteio, viagem, beijinho, até mais! « Piscar de Olhos

  29. Aiii!!
    Que coisa mais linda e fofa!!! Fiquei louca por ele, parabéns!
    Você sabe se vai rolar mais sambalelês??? Queremos ir, queremos ir!!!
    Em Fortaleza quase todos os restaurantes têm espaços incríveis para a criançada… sinto muita falta disso aqui no Rio.
    Beijocas!

  30. Olá pessoal!

    Ja marcamos a próxima data do Sambebê: dia 19/06, no Casarão Austregésilo de Athayde, no Cosme Velho.
    Quem quiser ficar sempre sabendo tudo sobre o evento, pode entrar no grupo do Sambebê no facebook (http://www.facebook.com/group.php?gid=114201905273633&ref=ts), ou nos acompanhar no Twitter (sambebe2010).

    Bjs!
    Ana

  31. Ai que inveja!!!! Venham para São Paulo também!
    Avisem sempre as próximas datas. Se eu tiver a sorte de estar na cidade maravilhosa com minha pequena, darei uns pulinhos (literalmente) na baladinha!
    bjs e parabéns!

  32. Concurso Cultural SAMBEBÊ:
    Diga porque você e teu bebê merecem ir ao Sambebê e concorra a um ingresso!
    Resultados dia 18/06!
    ana@sambebe.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s