O Parto de Paulo Maluf

Daí você engravida, enjoa, engorda, anda feito pinguim, passa por aquele perrengue todo do nono mês e quando vai parir – me nasce o Paulo Maluf.

Ontem, na fila do banco, esse pensamento não me saía da cabeça.

Difícil de acreditar, mas Maluf já foi bebê. Paulo Maluf, pessoa do mal, cidadão caçado pela Interpol pelo desvio de milhões e milhões de reais dos bolsos dos paulistanos, já foi um recém-nascido cuti-cuti, de gengiva desdentada e perninha torta.

A mãe de Maluf teve contrações dolorosas, passou horas em trabalho de parto e andou feito zumbi durante meses, já que Malufinho gostava de mamar de madrugada. E tudo isso pra que? Pra ele crescer e desviar 600 milhões de reais pra conta dele na Suíça e enriquecer as custas de quem trabalha duro.

Também já foram bebês de colo  José Sarney e  Jader Barbalho.  Os anões da previdência já foram anões bebês e cabiam dentro de um cueiro. E antes de roubar e desviar os tubos do erário público Garotinho já foi, na verdade,  Bebezinho.

Até o falecido ACM  já teve o cordãozinho umbilical cortado, fez cocô de mecônio e mamava, feliz da vida, nos peitones da mamãe (dele).

***

Como a fila do banco não andava eu continuei divagando: quando trazemos uma nova pessoinha no mundo, esperamos de coração que ele faça o bem e seja feliz, certo?

Acho que nenhuma mãe e nenhum pai (em condições normais de temperatura e pressão) querem que o filho cresça para roubar dinheiro que deveria construir hospitais e salvar vidas.

Então você alimenta a criaturinha…

Noah - 1 dia

 

Respira a criaturinha…

Um mês e meio

 

Toma puxão de orelha…

11 meses...Ouch!

 

Dá um help com os primeiros passos…

10 meses

 

Serve (literalmente) de apoio…

1 ano

 

E você espera estar dando as ferramentas para que ele faça as escolhas certas, ou então, que assuma a responsabilidade pelas escolhas equivocadas. 

Você (pai/mãe/avó/quem cuida)  espera estar fazendo a coisa certa. Mesmo quando você abre a porta do quarto dele pela manhã, sente um cheiro amedrontador e percebe que ele aprendeu a abrir a fralda sozinho…

A cor é de chocolate. Mas o cheiro...

***

Bom, ficam dois recados pra você, filho:

1.  Espero que você continue assim, risonho e gente fina, alegre e carinhoso e que siga o caminho do bem, sempre. O mundo é meio esquisitão e muitas vezes injusto. Mas esse planeta é bacana e é o melhor lugar pra se viver (parece que Marte não vale muito a pena, não, viu filho). “Pratica todo o bem que tu puderes”, foi a frase escrita por Dona Marísia, sua avó, no meu “álbum de recordação” da infância.

(álbum de recordação é um troço que já não existe mais e que te mostra que a mamãe já tem praticamente a idade do planeta terra).

2. Fila de banco é ruim, mas pode render um bate-papo ou um tempinho pra você pensar em alguma coisa que nunca tinha pensado, tipo no Maluf mamando nos peitos da mamãe (dele). Isso significa que tudo tem um lado positivo (*), até fila de banco.

(*) verdade seja dita, mamãe nunca conseguiu achar um lado positivo em telefone ocupado,  fio de manga presa no dente e na aflição de pisar de meia no chão molhado.

Anúncios

49 Respostas para “O Parto de Paulo Maluf

  1. Genial! Morro de medo também e imagino todos os dias quem serao os meus filhos…

  2. Mto legal esse texto!!
    Realmente, acho que ninguém teria filhos se soubessem que eles se tornariam um Maluf da vida!!
    Mas os nossos não!! Serão totalmente do bem!!
    bjinhos

  3. Maravilhoso texto.
    Concordo em parte. Não podemos apenas esperar ter feito tudo certo. Acho que devemos ir além e não compactuar com os erros dos Malufinhos. Será que a mãe dele (se ainda tiver tido tempo de envergonhar-se pelas atitudes do filho) não o questionou ao perceber seus erros? Ou será que apenas silenciou-se e usufruiu do conforto que estes milhões ROUBADOS puderam proporcionar?
    Sei não…

  4. Meu…..vc é demais !!!! Quando crescer quero ser igual a vc !!!! rsrsrsrs Brincadeirinha, mas mãe sofre mesmo, porque a gente carrega, amamenta, cuida e todos os afins de mãe, e ainda ter que torcer pra que nossos filhos não caiam nessas roubadas !!!! Que Deus nos proteja e nos dê discernimento pra educá-los e dar o exemplo de caráter TODOS OS DIAS !!!!!!!

  5. ahhhh, esqueci de dizer: tem um vôzinho japonês que conheço (99 anos) ele sempre diz que quem rouba uma caneta, também pode roubar uma carreta, então muitas vezes começa sem a gente perceber !!!!!

  6. Incrível o texto, como sempre! Penso muito nisso e em tudo que nós, mamães, podemos fazer pra passar os valores mais firmes para os pequenos. E também vejo o outro lado: vai ser se a mamãe Maluf realmente se empenhou em passar bons valores ou fica feliz da vida em usufruir de todo esse dinheirão!
    Claro que não podemos garantir que a educação que passamos vai ser suficiente, considerando os inúmeros outros fatores, mas acho que exemplo vale muuuuuuito!
    E essas fotos? coisa mais linda do planeta (e de Marte tb, certeza!!)
    beijos mil, Re

  7. Sensacional!
    Já tinha pensado nisso, esse bando de mau caráter engatinhando por aí e dizendo gu-gu dá-dá. Mas, CERTEZA, nossas crias serão sempre do bem e ai de Marianinha se começar a dar as suas malufadas por aí.

    bjkas

  8. hahahahahah
    Eu costumava pensar no Mini Me bebê, achava que ele devia ser muito esquisitinho… Mas no Maluf, realmente nunca tinha pensado… Um desgosto pra qq mae mesmo!

    Texto ótimo, essas coisas só saem da sua cabeça mesmo! hahahaha

    beijoca

  9. Ai, Ro, só você mesma pra elocubrar essas coisas! Mas isso leva mesmo a gente a refletir… pobres mães, né? Porque eu duvido que existam mães como as que gente vê nas novelas, que ensinam os filhos a serem bandidos desde pequenos…

    P.S. – eu tenho um “álbum de recordação da infância”…ahuahuahuhuahua

    Beijo grande!

  10. HWAHWAHAHAHA!!! Difícil imaginar, né? Até Hitler foi bebê. Medo.

  11. Que medo, né? Imagina a gente cuidar com tanto carinho, perder noites de sono pensando em como transformá-lo num cidadão decente, e o sujeito me descamba pro outro lado?
    Deus me livre.
    Muito bom seu texto, pra variar. E as fotos também são incríveis.
    Beijos

  12. Sabe que eu já tinha pensado nisso? Principalmente porque vira e mexe o Thierry me fala: Mãe, vc tá linda hoje! ou Mãe, tá linda, essa roupa é nova? E eu maldosa penso: Espero que seja sinal de que crescerá galanteador mesmo, e não um sinal de um futuro político. E o Noah sempre lindo! beijos

  13. Isto é bem Arnaldo Antunes:
    “Todo mundo foi neném
    Einstein, Freud e Platão também
    Hitler, Bush e Saddam Hussein
    Quem tem grana e quem não tem…”

    E pra rimar: que fotos linda hein?

    Parabéns e bjocas

  14. Muito bom… por isso adoro seus posts sempree…..
    Bjs
    Lu

  15. Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii Roberta, e não é que é verdade mesmo? Rezo todos os dias pro meu filhote ter saúde e vida longa e me descabelo pra ele continuar a ser uma pessoinha do bem e super legal, muito desgosto pra uma mãe ter um filho sem caráter né? ou mal agradecido, depois de tantas noites em claro, tantas abdicações, tanto amor… pois é nega, estes caras devem ter tido uma pancadinha na cabeça, caído do trocador…rs rs rs rs, fotos lindas do seu filho! Lindas, parabéns! beijos

  16. Pois é, concordo contigo em gênero, número e grau. A gente põe no mundo, dá nosso melhor e esperamos criar cidadãos do bem, pro mundo. Tadinhas das mães dos canalhas. E nada de desanimar, nossos guris são, literalmente, o futuro da nação! Beijo.

  17. Saiba todo mundo foi neném
    Einstein, Freud e Platão também
    Hitler, Bush e Sadan Hussein
    Quem tem grana e quem não tem
    Saiba todo mundo teve infância
    Maomé já foi criança
    Arquimedes, Buda, Galileu
    E também você e eu.
    (A. Antunes)

  18. Aiiii.. pensei no mesmo q a Lia… soh de imaginar o tanto de gente ruim q jah foi bb.. uí.. q meda!!! rsrs
    Bjs

  19. Como já lembrou a Regina Tavares aí em cima, a Adriana Partimpim cantou o poema do Arnaldo Antunes sobre esse mesmo tema:

    beijo!

  20. Muito bom!!!! As always!! Nunca tinha pensado nisso, mas vc tem toda razão: mesmo os mais tiranos foram um dia bebês cuticutis! O Mundo começa bem, o crescer é que estraga muitos! Vamos congelar esse momento então!!
    Bjss e parabéns por mais um excelente texto!

  21. As fotos estão lindas!

  22. Acredito que nós mães sempre procuramos fazer o que é melhor para nossos pequenos.. as vezes tropecando, as vezes até nos gritos.. Mas sempre pensando para que formem pessoas do bem… é isso que eu desejo aos meus tres pequenos… que sigam o caminho correto!!!

    Adorei a foto da meleca.. meus dois primeiros filhos já pintaram a parede com o “chocolate”…rs

  23. Pena que Dr Paulo não se contentou em mamar só nas tetas da mamãe dele, não?
    Gata, acho que dá uma super campanha, sabia? A gente vai pra porta do senado com faixas assim: “Doutor Fulano, podemos saber ONDE ESTÁ A VOSSA MÃE???”.
    Roubou? Pilantreou? Legislou em causa própria? Antes de qualquer providência legal (pfff!), tem que chama a mãe pra dar um belo puxão de orelha. Ai, como ia ser lindo!
    (Note que vc acabou de reacender meu projeto “mães loucas pela moralização na política”… bora?)

  24. excelente post, genial, bem humorado e do bem.
    adorei.

  25. Pingback: Tweets that mention O Parto de Paulo Maluf « Piscar de Olhos -- Topsy.com

  26. Genial!
    Olha, nao querendo ser conivente com o crime, mas pensando no aspecto desdentado, mamando e tals, sera que o Maluf pelo menos deu troquinho pra mae dele? Ou soh deu desgosto?

    Beijinho,
    Keiko

  27. kkkkk
    Só vc mesmo.
    Desculpas mas me veio na cabeça, não será FDP*.
    Sério, cada vez mais me convenço que parir qualquer mulher pode mas ser mãe…
    Isso vai além de jorrar leite pelos peitos e trocar fraldas.
    Maluf é só um dos exemplos disso…

  28. quando eu crescer, eu quero ter uma fila de banco produtiva e do bem assim! adorei!

    normalmente eu penso em matar todo mundo na fila do banco, mas aí lembro que eu já fui bebe e minha mae queria mais é que eu fosse simpática e paciente e visse o lado positivo de tudo – incluindo a fila do banco (embora ela a odiasse tb).

    he-he.

    no mais, lindas fotos!

    beijocas

  29. ai gente, deixei um comentário logada no wordpress, aí apareceu meu pré-blog de fotografia (metidaaaaa). mas na verdade, ó, sou eu, Carol, a das bobeiras.

    (ah, esqueci de te responder uma coisa: amo a ideia chopinho no Rio, hein?)

  30. ué, cade meu outro comentário? eu hein!

    bem, recomento: que quando eu crescer, quero ter filas de banco tao produtivas e do bem como as suas!

    porque normalmente, eu odeio fila de banco e quero matar todo mundo que está na minha frente, mas aí me lembro que eu tb já fui baby e minha mae queria mais é que eu fosse feliz e alegre e positiva, mesmo nas filas de banco (que ela tb odiava).

    he-he.

    e as fotos sao lindas!!

    (e eu fiz a maior bagunca na sua caixa de comentários, sorry!)

  31. DEMAIS DEMAIS DEMAIS!
    Estava pensando nisto estes dias, que todo mundo já foi nenem, e só vc para colocar este pensamento em palavras tão engraçadas e ao mesmo tempo tão lindas!
    mil beijos

  32. Just brillant!

  33. kkkkkkk..pra variarrrrr,morri de rir..mas adorei em especial : “(..)Até o falecido ACM já teve o cordãozinho umbilical cortado, fez cocô de mecônio e mamava, feliz da vida, nos peitones da mamãe (dele). ..”
    kkkkkkk…por essas e outras que indiquei seu blog la no meu,tem selinho d eindicação p vc lá! bj e bom find! 😉

  34. LINDAS as fotos, incluindo aquela do Noah coberto em chocolate! rs

    E sabe que desde que tive o Nicolas que peguei a mania de imaginar todo mundo que eu vejo bebê. Eu adoro fazer isso!

    Agora quanto ao Maluf e outros da mesma laia, só consigo pensar que eles foram algo do tipo Bebê de Rosimary! Eh a unica explicação plausivel! hahaha

    Beijos!

  35. me lembrou a música “saiba”, do arnaldo antunes..
    essas coisas são bem estranhas mesmo de se pensar. acm mamando nos peitos da mamãe (dele). ahahahah!

    e as fotos do seu pequeno estão taaaaaaao lindas!

    beijinhos
    :)***

  36. Sem ser repetitiva, tem indicação pro seu blog lá no meu, um selinho, passa lá pra pegar! rs beijos
    Fernanda

  37. Acho que isso passa na cabeça de todas as mães mesmo, desejamos um médico, engenheiro, advogado, sei lá… Mas nunca sabemos o que serão, só nos resta orientação e amor.

  38. Que post delicioso. Dá vontade de ficar lendo sem parar. Mas uma hora acaba, né? Que pena por que estava uma gostosura! rs
    Vc escreve de uma maneira linda. Adoro. Que bom que encontrei seu blog. Sou mais feliz por isso!… hehe
    beijo!

  39. Oi querida, tudo bom? adorei o post, otimo!! Hoje fui pra fila do banco tambem, mas como a Luisa estava comigo fui no caixa preferencial e nem deu tempo pra pensar em nada nao, muito menos no Maluf, mas como disse a Lia, ate Hitler ja foi bebe, mas este nao deve ter mamado nos peitoes da mae nao, deve ter ido direto pro leite de vaca!
    Bom, amanha te ligo pra contar do casorio, estava otimo, beijos e muuuiitas fotos pra editar, ufff

  40. caramba, vc falou o q eu sempre pensei mas nunca tive coragem de proferir !!!! é isso msm, concordo em genero, numero e grau

    bjks

  41. Ju, mãe da Letícia

    Adorei o texto!

    Bom, para mim, fiapo de manga serve para perceber que, se você tentar usar um fio de cabelo pra tirar, ele também ficará preso no dente, depois de se partir, e que a indústria do fio dental mais que merece existir e ganhar dinheiro.
    Telefone ocupado serve para quando você não quer atender ninguém e tira do gancho.
    Pisar de meia no chão molhado serve para… ixi, esse não dá. Seria Poliana demais.

  42. Maravilhoso Post! de novo!

  43. Rsrs…já me pequei pensando nisso algumas vezes… Às vezes penso que Maria um dia será grande…. Daí inverto e penso que todo mundo já foi pequeno, ninando e mamado. Acalentado nos chorinhos e nos chorões…
    Ai, amei “em condições normais de temperatura e pressão”…hahahaha
    bjs

  44. muitas muitas risadas aqui… não é à toa que está entre os mais lidos… estou futucando tudo aqui!
    excelente blog, estarei sempre aqui…
    abç
    Mariana

  45. Pingback: sorteio, viagem, beijinho, até mais! « Piscar de Olhos

  46. Olá!
    Estou encantada com seu blog e nem sei em qual post deixar um comment, porque são todos bons!
    Eu tava super jururu hoje, aí caí no seu blog por acaso e morri de rir com o post dos palpites, porque é exatamente o que passo com o meu Levi, não só com slings, mas com tudo – até com amamentação exclusiva, acredita? – e que às vezes tem me tirado do sério…
    Bom, continue! É sempre bom ler algo de um desconhecido que escreve de um jeito tão gostoso num dia meio cinza como está o meu hoje.
    Deus te abençoe e seu bbzão tb!

  47. Pingback: maradona pelado? qual o lado bom disso??! « Piscar de Olhos

  48. Pingback: URGENTE – patifaria em Brasília! | Piscar de Olhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s