Mãe pode – parte II

E falando em Politicamente Incorreto, toda mãe olha meio atravessado pra crianças imediatamente maiores que seu próprio filho. Por exemplo: se seu filho tem 5 meses, a criança inimiga tem de 1 a 2 anos. Mães de pequenos de 2 não curtem os de 4, as de 4 os de 6 e por aí  segue a cretinice.  Eis o email que enviei pro maridão, sogra e cunhada quando estava visitando creches, mais especificamente a creche em que agora o Noah está ficando por 3 horas/dia:

(…) Fiquei mais feliz porque fomos em um horario em que a Isabel (a menina ameaçadora e perigosa de 1 ano de idade) não estava. Ela deve ser “promovida” ao maternal dentro de um mês, pois já está muito grande para estar no berçario. Como ela está entediada de ficar no berçario, ela passa o tempo enfiando o dedo nos olhos dos bebês. O Noah quase foi uma das vítimas, salva pela mamãe, que agarrou o braço dela e deu um sonoro NAO!   Isabel até chorou mas a professora não brigou comigo, ainda bem. 

Bom, então ficou decidido que ficaremos em horários diferentes até que ela seja mandada pro maternal. Eu prefiro assim já que Noah, por ser o mais novinho de todos, parece ser a vítima preferida da pequena porém cruel Isabel, a furadora de olhos.

(…) A psicologa da escola veio me ver ( Só porque agarrei o bracinho de uma menina de 1 aninho e fiz ela chorar???) 

PS1: O nome da pentelhinha  garotinha foi modificado, para preservar sua identidade perigosa e ameaçadora.
PS2: Eu já falei: Mãe Pode!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s